Orientações para Coleta de Urina

São vários os exames que são realizados na urina, portanto, deverá seguir as orientações para cada tipo de exame específico.
Urina de Rotina (tipo 1), Urocultura e demais exames realizados no jato médio de urina

Não possui horário específico para coleta, nem se faz necessária retenção urinária.
Crianças que utilizam fraldas o ideal é que o responsável leve-a até o laboratório para que as enfermeiras façam a assepsia e coloquem o coletor infantil. No caso de não ser possível fazer o procedimento no laboratório, a mãe será instruída para que faça o processo em casa.
Caso a criança não colha dentro de 40 minutos ou no máximo 1 hora, o processo de assepsia deve ser repetido e um novo coletor colocado, assim sucessivamente até a obtenção da amostra que depois de colhida deve ser entregue ao Laboratório imediatamente, caso não possa fazê-lo, mantenha a urina em geladeira por no máximo 60 minutos e traga-a o mais rápido possível ao laboratório.
Para crianças que não utilizam fralda o processo de assepsia deve ser realizado conforme orientação acima e logo após a mesma deverá urinar no coletor convencional com tampa de rosca. Entregar a amostra ao laboratório imediatamente, caso não possa fazê-lo, mantenha a urina em geladeira por no máximo 60 minutos e traga-a o mais rápido possível ao laboratório.

Horário de entrega no laboratório: De 2ª a 6ª feira das 6h30 às 15h30 e aos sábados das 6h30 às 10h

Homens:

1. Lavar as mãos;
2. Lavar a genitália com bastante água e sabão;
3. Enxaguar e secar com papel toalha ou toalha limpa;
4. Coletar de preferência a primeira urina da manhã ou aguardar um período mínimo de 2 horas sem urinar para depois efetuar a coleta;
5. Desprezar o 1° jato de urina e, sem interromper a micção, coletar amostra suficiente do jato médio, terminando a micção no vaso sanitário;
6. Não encostar o frasco nas genitais;
7. Entregar a amostra ao laboratório imediatamente, caso não possa fazê-lo, mantenha a urina em geladeira por no máximo 60 minutos e traga-a o mais rápido possível ao laboratório;
8. Não transportar a urina em locais/superfícies que tenham contato com o sol.

Horário de entrega no laboratório: De 2ª a 6ª feira das 6h30 às 15h30 e aos sábados das 6h30 às 10h

 

Mulheres:

1. Lavar as mãos;
2. Lavar a genitália com água e sabão, de frente para trás;
3. Enxaguar com bastante água e secar com papel toalha ou toalha limpa;
4. Separar os grandes lábios com a mão e realizar a coleta;
5. Coletar de preferência a primeira urina da manhã ou aguardar um período mínimo de 2 horas sem urinar para depois efetuar a coleta;
6. Desprezar o 1° jato de urina e, sem interromper a micção, coletar amostra suficiente do jato médio, terminando a micção no vaso sanitário;
7. Não encostar o frasco nas genitais;
8. Entregar a amostra ao laboratório imediatamente, caso não possa fazê-lo, mantenha a urina em geladeira por no máximo 60 minutos e traga-a o mais rápido possível ao laboratório;
9. Não transportar a urina em locais/superfícies que tenham contato com o sol.

Horário de entrega no laboratório: De 2ª a 6ª feira das 6h30 às 15h30 e aos sábados das 6h30 às 10h

Exceções:

Para exames toxicológicos como maconha e cocaína, a coleta segue os procedimentos acima, mas só pode ser realizado no laboratório por se tratar de uma coleta assistida, ou seja, o ato da coleta tem que ser acompanhado por um analista ou técnico de laboratório.

Citologia e demais exames realizados no primeiro jato de urina:

O ideal é realizar a coleta ao levantar ou após no mínimo duas horas de retenção.

Fazer a coleta em um coletor convencional de tampa de rosca, não se faz necessária higienização, nem se pode desprezar o primeiro jato de urina;
• Não colocar a parte interna da tampa em contato com a pia, vaso sanitário e mãos;
• Não encostar o frasco nas genitais;
• Entregar a amostra ao laboratório imediatamente, caso não possa fazê-lo, mantenha a urina em geladeira por no máximo 60 minutos e traga-a o mais rápido possível ao laboratório;
• Não transportar a urina em locais/superfícies que tenham contato com o sol.

Horário de entrega no laboratório:  De 2ª a 6ª feira das 6h30 às 14h

 

Dimorfismo Eritrocitário

• Após levantar-se fazer a coleta da primeira urina da manhã em um coletor convencional de tampa de rosca. Não é necessário desprezar o primeiro jato de urina;
• Não colocar a parte interna da tampa em contato com a pia, vaso sanitário e mãos;
Não encostar o frasco nas genitais;
Entregar a amostra imediatamente ao laboratório, ou no máximo após 60 minutos (refrigerada)
Não transportar a urina em locais/superfícies que tenham contato com o sol

Urinas Especiais (urina de 24 horas)

INSTRUÇÕES PARA COLETA DE URINA DE 24 HORAS:

Ao levantar pela manhã, o cliente deverá desprezar toda a urina contida na bexiga (1ª urina da manhã) e anotar o horário.
A partir desse momento, toda vez que urinar, durante o resto do dia e também à noite, deve-se recolher integralmente a urina de cada micção, colocando-a no mesmo frasco de coleta. Este deve ser bem fechado e guardado em refrigerador, entre as micções.
Armazene toda a urina colhida em recipiente fornecido pelo laboratório ou em garrafas plásticas de água mineral vazias. Não usar outra embalagem.
Se a quantidade de urina for maior do que o recipiente fornecido comporta, use frascos adicionais (garrafas de água mineral) para conter todo o volume de 24 horas.
Na manhã seguinte, deve-se coletar toda a urina contida na bexiga (1ª urina da manhã) e encerrar a coleta no horário correspondente ao horário que desprezou a 1° micção da véspera.
Durante as 24 horas de coleta, a ingestão de líquidos deve ser a habitual.
Todo o volume urinário coletado nas 24 horas deverá ser encaminhado ao laboratório logo após o término da coleta final ou em até 2 horas.

 OBS: Para alguns exames o frasco fornecido pelo Laboratório, deverá conter um líquido, cuja função é de conservar a urina, não devendo, portanto ser desprezado. 

Orientações para Coleta de Escarro

O material deve ser colhido no horário de maior secreção, não sendo necessário jejum;
Realizar higiene bucal e colher o escarro em frasco fornecido pelo laboratório;
O escarro deve ser obtido por expectoração profunda. A presença de saliva no material colhido prejudica a qualidade do exame. Portanto, se for coletado apenas saliva, despreze este material e colha novamente;
Entregar o material no laboratório, no máximo 1 hora após a coleta.

Horário de entrega no laboratório: De 2ª a 6ª feira das 6h30 às 15h e aos sábados das 6h30 às 10h

Orientações para Coleta de Fezes

Parasitológico de Fezes

Usar preferencialmente o coletor fornecido pelo Laboratório. O coletor contém um conservante que manterá a amostra adequada para análise por até 7 dias;
Colocar 01 medida de fezes com a “pazinha” no interior do coletor;
Deixar em local fresco e não precisa guardar na geladeira;
Se tiver 2 ou 3 amostras, fazer as próximas coletas da mesma forma, podendo utilizar o mesmo coletor para até três amostras, respeitando os intervalos de dias de acordo com a orientação do médico solicitante.
Quando completar as coletas, entregar o/os coletores no laboratório.

  • OBS: Se for utilizado coletor sem conservante, a amostra deverá ser entregue em até 2 horas após coletada ou em até 18 horas mantendo-a refrigerada. Neste caso, se for mais de uma amostra, deverá usar um coletor para cada amostra.

Coprocultura, PH Fecal, Gordura Fecal, Leucócitos Fecais, Substâncias Redutoras nas Fezes e demais exames realizados em amostra de fezes sem conservantes

Para exames toxicológicos como maconha e cocaína, a coleta segue os procedimentos acima, mas só pode ser realizado no laboratório por se tratar de uma coleta assistida, ou seja, o ato da coleta tem que ser acompanhado por um analista ou técnico de laboratório.​Colete as fezes no frasco fornecido pelo laboratório.

• Não necessita dieta alimentar, a não ser que seja uma recomendação médica;
• Coletar a amostra em superfície seca, ou seja, sem contato com água;
Amostra diarreica ou pastosa: colher, preferencialmente porção líquida, purulenta ou sanguinolenta da amostra;
Amostra bem formada: colher volume referente a uma colher de café;
Levar ao laboratório em até 2 horas após coletada, mantendo a amostra refrigerada até seu envio;
Não colher durante ou após 3 dias do período menstrual ou se apresentar sangramento hemorroidário;

Horário de entrega: De 2ª a 6ª feira das 6h30 às 16h e aos sábados das 6h30 às 10h.

Orientações para Coleta de Sangue Oculto

• Colete as fezes no frasco fornecido pelo laboratório ou apropriado.
Não necessita dieta alimentar, pois o teste utilizado segue método com anticorpos monoclonais específicos para Hemoglobina Humana, não tendo reações cruzadas com outros alimentos de origem animal e interferências significativas de medicamentos.
Levar a amostra ao laboratório em até 2 horas após coletada, mantendo-a refrigerada até seu envio.
Não colher durante o período menstrual ou se apresentar sangramento hemorroidário.
Informar uso de medicamentos.

Orientações para Coleta - Espermograma

    1. Não manter relações sexuais nem masturbação por um período de 3 a 5 dias;

      Higienizar o pênis e as mãos com água, sabonete e secar com toalha limpa;

      Colher todo volume do esperma em frasco estéril e de boca larga, fornecido pelo laboratório;

      É proibido usar lubrificante ou saliva durante a coleta;

      Preferencialmente deve ser colhido no laboratório, mas se preferir pode ser colhido em casa, contanto que entregue o material ao laboratório, no máximo 30 minutos após a coleta;

      Horários de recebimento dessa amostra: De segunda à sexta-feira, das 06h30 às 10h.

Orientações para coleta de sangue para o exame de PSA

    1. O paciente não poderá manter relações sexuais ou ejacular durante 3 dias antes da coleta de sangue.

      Deverá também evitar a coleta de sangue: se tiver feito o exame de toque retal nos últimos 3 dias, ultrassonografia prostática nos últimos 7 dias, andar a cavalo ou bicicleta e exercitar-se de maneira vigorosa nos últimos 3 dias, ou ainda se tiver feito biópsia prostática ou retal nos últimos 15 dias.

      Você receberá um questionário. Queira, por gentileza, responder as questões com a maior clareza possível.

Coleta de Cortisol Salivar

Por um período de 30 minutos antes da coleta não será permitido qualquer tipo alimentação ou bebida (com exceção de água);

Imediatamente antes da coleta, lavar a boca com água através de bochechos leves;

A coleta não é recomendada em caso de lesões orais com sangramento ativo ou potencial;

Evitar escovar os dentes pelo menos duas horas antes da coleta para evitar sangramento gengival;

Siga rigorosamente os horários determinados pelo seu médico.

Procedimento para coleta:

• Remova a tampa superior do tubo;
• Coloque o algodão debaixo da língua e aguarde um período médio de 2 a 3 minutos de forma a encharcar o algodão;
Durante esse período de coleta não é permitido ingestão de água, alimento ou qualquer tipo de líquido;
• Retorne o algodão para o tubo, fechando com a tampa logo a seguir;
• O tubo pode ser encaminhado imediatamente ao laboratório sem refrigeração. No entanto, em casos onde o transporte não será efetuado imediatamente, aconselha-se o armazenamento da amostra em geladeira por até 24 horas.

Coleta para Dosagem de Prolactina:

• Jejum alimentar de 8 horas.
• Não fazer exercício físico intenso um dia antes da coleta de sangue.
• Descansar 30 minutos antes da coleta, (o laboratório dispõe de sala adequada para repouso). Informar a data da última menstruação.

Coleta de Sangue para Dosagem de Glicose Pós-Prandial

• Almoçar entre 10h e 12h ou conforme orientações do médico.
• Após duas horas do término do almoço, sem atraso, apresentar-se ao laboratório para coletar a amostra de sangue pós-prandial.
•Não modificar o hábito alimentar.

Orientações para Coleta de Sangue

As coletas de sangue seguem orientações de acordo com a faixa etária:

Crianças

De 0 a 2 anos: de 2 a 3 horas de jejum ou conforme orientação médica.

De 3 a 6 anos: de 4 a 6 horas de jejum ou conforme orientação médica.

De 7 a 12 anos: de 8 a 10 horas de jejum ou conforme orientação médica.

Adulto

Acima de 12 anos: Jejum obrigatório de 8 a 12 horas ou conforme orientação médica.

 

Exceções:

  • Exames de colesterol e triglicérides: jejum recomendado de 12 horas.
  • Para exames de DNA, Hemograma, tipagem sanguínea e BHCG: não se faz necessário jejum.
  • Exames de coagulação (TAP, TTPA e Coagulograma): 2 horas de jejum são suficientes.
  • Para o exame de PSA: Seguir jejum para adultos. Não poderá manter relações sexuais ou ejacular durante 3 dias antes da coleta de sangue. Evitar exames de toque retal, ultrassonografia prostática, andar a cavalo ou bicicleta e exercitar-se de maneira vigorosa 3 dias antes da coleta de sangue (vide orientações específicas para este exame)


Recomendações gerais:

          • Durante o período de jejum é permitido apenas ingestão de água;
          • Nos dias anteriores à coleta de sangue (ideal 3 dias antes) deve ser mantida a alimentação habitual e não deve haver a ingestão de bebidas alcoólicas;
          • Evitar fazer a coleta de sangue no dia posterior à alimentação excessiva (por exemplo: colher sangue na segunda-feira após ter exagerado na alimentação domingo);
          • Preferencialmente fazer a coleta de sangue após repouso, logo após acordar pela manhã.
          • Evitar a coleta de sangue após realizar exercícios físicos intensos;
          • Não suspender medicação ao menos que seja uma recomendação médica;
          • Não exceder 14 horas de jejum.

Orientações para Curva Glicêmica ou Sobrecarga

Permanecer em jejum por 8 a 10 horas.

Coletar a primeira urina da manhã e levar ao laboratório.

A primeira amostra de sangue é colhida em jejum.

Em seguida será oferecida uma solução adocicada (glicose) de acordo com a solicitação médica.

As coletas de sangue seguintes poderão ter intervalos de 30 minutos, 1 ou 2 horas, dependendo da solicitação do médico podendo ser 2 a 7 coletas e perfazendo um período total de 2 a 4 horas.

Durante este período o paciente não se alimentará e permanecerá no Laboratório em repouso.

Para este exame é necessário fazer o agendamento junto a nosso recepção.

Início do exame será sempre a partir das 7h (até no máximo às 8h)

Orientação para Teste de Tolerância/Intolerância a Lactose

• O teste de absorção da lactose é realizado através de medidas da glicemia do paciente em três coletas de sangue distintas: 

• 1º glicemia basal, após jejum de pelo menos 8 horas

• 2º e 3º glicemias respectivamente 30 e 60 minutos após a administração, por via oral, de lactose em solução (50 g para adultos e 2 g/kg de peso para crianças com até 25 kg de peso), que é oferecida ao paciente logo após a primeira coleta de sangue (basal). 


Importante: A solução de Lactose deve ser ingerida num período máximo de 5 minutos.

Durante este período o paciente não se alimentará e permanecerá no Laboratório em repouso.

Para este exame é necessário fazer o agendamento junto a nosso recepção.

Início do exame será sempre a partir das 7h (até no máximo às 9h)

Orientação para coleta de material ginecológico

• Evitar relações sexuais durante 48h antes da coleta;
• Não fazer o exame no período menstrual – a presença de sangue pode prejudicar o diagnóstico citológico. Aguardar o 5° dia após o término.
• Para o caso de cultura e ou bacterioscopia de secreção vaginal, de preferência fazer a coleta logo de manhã antes da primeira urina e sem uso de ducha ou outro tipo de higiene íntima.
• Para o caso de cultura com pesquisa de Streptococcus agalactiae em secreção vaginal e ou anal para Grávidas, não é necessário fazer a coleta antes da primeira urina da manhã, podendo ser realizada das 6h30 às 15h.
• Para coleta de Citologia Oncótica (Papanicolau) também não é necessário fazer a coleta antes da primeira urina da manhã, podendo ser realizada das 6h30 às 15h.

Instruções para o TESTE DE SEXAGEM FETAL

– A coleta apenas deve ser realizada a partir da 8ª semana completa de gestação (7 semanas e 7 dias). 
– O teste apresenta 99% de acerto nos casos de idade gestacional igual ou superior a 8 semanas completas. Assim, o resultado deste exame não deve ser interpretado como definitivo, uma vez que em raros casos, pode haver uma indicação equivocada do sexo do feto. 
– Em cerca de 5% dos casos pode haver resultado inconclusivo, o que está relacionado à baixa concentração do DNA fetal no plasma materno. Nesses casos, é recomendada a realização de um novo exame 2 a 3 semanas após a primeira coleta. 
– O resultado inconclusivo não indica que existe algum problema com o feto. 
– Em casos de gestação gemelar ou fertilização in vitro: 
Para gêmeos univitelinos: o resultado é válido para ambos os fetos. 
Para gêmeos bivitelinos: o resultado feminino é válido para ambos os fetos. Já o resultado masculino, indica que pelo menos um dos fetos é do sexo masculino. 
A perda de um dos fetos pode gerar resultados falso-positivo (masculino). 
– O teste não detecta gravidez, assim, se uma mulher que não estiver grávida fizer o teste, este apontará resultado feminino, pois apenas identificará a ausência de DNA masculino. 
– Desordens genéticas que envolvam cromossomos sexuais e diferenciação sexual podem levar a resultados falso-positivos (masculino). 
– Em caso de pacientes menores de 16 anos, o envio do termo de ciência é obrigatório. Ele deve ser preenchido pelo responsável legal e enviado juntamente com a cópia do RG da paciente e do seu responsável. 
– Não coletar de pacientes que tenham recebido transfusões sanguíneas nos últimos 4 meses ou realizaram transplante de medula óssea.
– Pacientes em uso de anti-coagulantes como enoxaparina (Clexane), heparina (Liquemine), varfarina (Marevan) não devem fazer o exame, pela chance de inibição da reação.